quarta-feira, 20 de novembro de 2013

VONTADE INCOMUM ( GLOSA )




MOTE

Gostaria de um dia fazer
Um soneto para ser cantado
Estou indeciso no que escrever
E por quem será interpretado

GLOSA

Genuinamente em minha mente
Devagar está a crescer
Algo de belo e diferente
Gostaria de um dia fazer

É imensa a minha vontade
Para isso estou compenetrado
Deixarei para a prosteridade
Um soneto para ser cantado

No que ao tema diz respeito
Ainda falta estabelecer
Não encontrei nada de jeito
Estou indeciso no que escrever

No género é irrelevante
Adoraria que fosse fado
Só espero que saia brilhante
E por quem será interpretado


JORGE BRITES
Partilhando o meu Sorriso

Sem comentários: