sexta-feira, 29 de novembro de 2013

VERSOS DO MAR ( GLOSA )




MOTE

Quando palavras já não tiver
E a inspiração escassear
Vou á praia enquanto puder
E retiro versos da água do mar

GLOSA

Não havendo disposição
E necessitado estiver
Mostro minha insatisfação
"Quando palavras já não tiver"

Por vezes não dominamos
O que desejamos apresentar
Teremos o que partilhamos
"E a inspiração escassear"

É irredutível a vontade
De fazer versos se quiser
Se faltar a habilidade
"Vou á praia enquanto puder"

Se algum dia eventualmente
A minha poesia me falhar
Corro á praia heróicamente
"E retiro versos da água do mar"


JORGE BRITES
Partilhando o meu Sorriso

Sem comentários: