terça-feira, 5 de novembro de 2013

GLOSANDO MINHAS QUADRAS - MINHA MÃE



MOTE

Com doçura me embalavas
Quando eu era pequenino
De me beijar não te cansavas
Quando ao colo tinhas teu menino

GLOSA

Ao me teres juntinho a ti
Com amor me apertavas
Teu carinho sempre senti
Com doçura me embalavas

Foste a melhor Mãe do mundo
Feliz foi o meu destino
Conheceste-me tão a fundo
Quando eu era pequenino

Tanto tempo já passou
Recordo como me abraçavas
Tão contente que ainda estou
De me beijar não te cansavas

Da tua profunda naturalidade
E do teu sempre trato fino
Dos teus olhos jorrava felicidade
Quando ao colo tinhas teu menino


JORGE BRITES
Partilhando o meu sorriso
e uma sentida homenagem á
minha saudosa Mãe.

Sem comentários: