segunda-feira, 18 de novembro de 2013

POETA SONHADOR ( GLOSA )




MOTE

Ser poeta é sonhar
O que nunca foi sonhado
Ter amor e amor dar
A quem nunca foi amado

GLOSA

Ser poeta é ser confidente
É igualmente fantasiar
É agir bem genuinamente
Ser poeta é sonhar

Assim vai partilhando
Um assunto premeditado
Para o papel vai passando
O que nunca foi sonhado

Escreve de sentimentos
De maneira tão singular
A base dos seus momentos
Ter amor e amor dar

Palavras acaba por achar
Já que é aficionado
Traz amor para espalhar
A quem nunca foi amado


JORGE BRITES
Partilhando o meu Sorriso

Sem comentários: