sexta-feira, 29 de novembro de 2013

O POETA É POESIA ( GLOSA )




MOTE

O Poeta é a voz do povo
Mesmo não sabendo cantar
Traz sempre algo de novo
Que acaba por nos agradar

GLOSA

Das palavras é arquitecto
Para onde for eu me movo
É responsável do seu trajecto
" O Poeta é a voz do povo"

Faz coisas extraordinárias
Na arte de improvisar
Tem letras imaginárias
"Mesmo não sabendo cantar"

Diz o Poeta com decisão
"Até montanhas eu removo"
Usando a boa disposição
"Traz sempre algo de novo"

Utiliza o seu improviso
Para a todos confessar
Com a poesia vem o sorriso
"Que acaba por nos agradar"


JORGE BRITES
Partilhando o meu Sorriso

Sem comentários: