quinta-feira, 23 de setembro de 2010

SINTO...


Sinto...
Uma louca paixão no meu corpo,
Que me escraviza
E deixa de rastos,
Submisso a este amor
Que me martiriza !
Coitado...
Deste coração triste,
Desolado !
Se soubesses ler,
O que tento dizer,
Talvez viesses sem medo
Para os meus braços
Que tanto te desejam !
Só quem sente por dentro,
As dores amargas e secretas,
Pode dar valor a este sofrimento !
Oh...meu amor,
Que sejas tu a me fazer sorrir !




JORGE BRITES
Partilhando o meu Sorriso

Sem comentários: