sábado, 11 de setembro de 2010

HORAS TRISTES ( 44 )


Tristeza...
Ao te ver sair !
Mágoa...
Por não te acompanhar !
Sofrimento...
Por ficar sem ti !
Lamento...
Por não te ver mais hoje !
Dor...
Por te amar desta forma !
Estás longe...
Mas tenho os olhos postos em ti !
És...
O princípio e o fim
Da minha paisagem mágica !
És...
A emoção que me domina !
Quando escrevo...
De ti, para ti,
De nós, do nosso amor,
Sinto no coração
As batidas violentas da paixão !
Horas tristes...
Que passo sem te ter !




JORGE BRITES
Partilhando o meu Sorriso

1 comentário:

cidinha disse...

Meu anjo!
Não fiques triste, não sofras...
Pois somente nossos corpos estão separados, em mundos diferentes...
Mas nossa busca por de algo mais, por momentos mágicos, é interminável, incessante!
E se a estrada entre nós está interrompida, o desvio pode ser interessante...
Não se esqueça que o amor nos uniu as almas!
Te amo!
Beijos...
Cidinha