segunda-feira, 20 de setembro de 2010

NÃO ESTAVAS ( 31 )


Pela berma da estrada,
Caminho...
Mente vazia,
Dispersa !
Pensamento distante,
Pensando...
Em ti, maravilhoso Ser !
Ocupas-me todos os momentos,
Preenches todo o meu tempo,
Levo-te comigo...sempre !
Um raio de solidão
Atravessa o meu Céu,
Invade o meu Universo !
Liguei-te...
Naquele momento
Precisava de ti,
De te ouvir,
De repousar na melodia
Das tuas palavras
E de sossegares meu coração !
Não estavas,
Não atendeste...
Profunda decepção !
Afinal...
Mais não queria,
Senão ouvir a tua voz !
A voz amiga...
Que atenuasse a minha dor,
Que iluminasse a minha estrada,
Que minimizasse o meu sofrimento !
Paciência...
Serenamente aguardarei por ti !




JORGE BRITES
Partilhando o meu Sorriso

1 comentário:

Cidinha disse...

Meu anjo... E eu aqui no meu mundo, sem ti... Sofrendo a mesma dor, sentindo a mesma necessidade de ao menos ouvir a tua voz...
Era tudo que eu mais queria neste momento!
Um beijo com saudades...
Cidinha