quinta-feira, 12 de dezembro de 2013

SEM SER ESCRITOR ( GLOSA )



MOTE

Onde ver escrito poesia
Entro logo sem favor
Perdoem a minha ousadia
Sou assim, sem ser escritor

GLOSA

Não me cabe sentenciar
Nem a mim próprio caberia
De ser proibido e poder entrar
"Onde ver escrito poesia"

Pode surgir uma surpresa
Ou encontrar um dissabor
Mesmo assim com franqueza
"Entro logo sem favor"

Desculpem meu á vontade
E uma exagerada euforia
Sai por espontaneidade
"Perdoem a minha ousadia"

Da poesia aprendi a gostar
Defendo-a sempre com rigor
Satisfaz-me em improvisar
"Sou assim, sem ser escritor"


JORGE BRITES
Partilhando o meu Sorriso

Sem comentários: