terça-feira, 10 de dezembro de 2013

FELICIDADE NA POESIA ( GLOSA )




MOTE

Mesmo nos períodos cinzentos
Não perco a minha alegria
Ultrapasso os maus momentos
Abraçado á minha poesia

GLOSA

Para minha comodidade
E falando de maus eventos
Nunca largo a felicidade
"Mesmo nos períodos cinzentos"

Numa situação acidental
Em que não corra bem o dia
Por muito que corra mal
"Não perco a minha alegria"

Superando as dificuldades
Consigo gerir os tormentos
Contrariando as tempestades
"Ultrapasso os maus momentos"

E desta forma reconheço
Como abandono a histeria
Assim pago o meu preço
"Abraçado á minha poesia"


JORGE BRITES
Partilhando o meu Sorriso

Sem comentários: