quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

QUADRAS DE IMPROVISO 2



Este mar que eu me inclino


E que me deixa deliciado

Mar que me faz parecer menino

E pelo qual fico deslumbrado





A vida tem coincidências


Que nos apraz registar

São situações e evidências

Que nos dá gozo mostrar





Gosto muito de brincar


Nunca ligo á exibição

Estou aqui para partilhar

O que me dita a inspiração





Nunca me canso de escrever


Não invento nada de novo

Lá vem o ditado a dizer

" Grande poeta é o povo "





Que vinho tão embriagante


Me deram vocês a beber ?

Que só penso a cada instante

No que vos possa escrever.







As palavras saem fluindo


De dentro do meu coração

Desta forma vou conseguindo

Dar asas á minha emoção





Não as podia escrever

Sem um pouco de paixão

Mas para isso tenho que ter

Um pouco de inspiração









JORGE BRITES
Partilhando o meu Sorriso

Sem comentários: