quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

QUADRAS DE ARQUIVO



Teu jeito tão gostoso de me abraçar


Deixa-me preso e sem movimento

Nas tuas ondas fico a navegar

Vou dando asas ao meu sentimento




Este sabor a ti,


Nunca o irei perder

Foi para ele que sorri

E dele não vou esquecer





Estou a aprender a ser feliz


Acreditem que é verdade

Até pareço um louco petiz

Que desconhecia a felicidade





Imortal é este sentimento


Que nos une e delicia

Aumenta em cada momento

É o alimento do nosso dia




É loucura o que sinto


Já afastei a solidão

Há muito que pressinto

Esta loucura no coração





Vejo-te nas nuvens do Céu


Linda e sempre formosa

Na cabeça tens um véu

E nas mãos uma linda rosa




JORGE BRITES
Partilhando o meu sorriso

Sem comentários: