quarta-feira, 25 de abril de 2012

PAI...( SAUDADES )




Deixaste-me...
Há vinte e sete anos !
Pai, estar contigo foi breve de mais !
Pai, como foi bom viver contigo !
Pai, contigo escalei sonhos !
Pai, contei-te segredos e perdi medos !
Pai, os meus braços têm saudade de te abraçar !
Pai, agora que as tuas palavras são silêncio
E a tua presença está ausente,
O meu olhar procura-te, Pai querido !
Pai, sempre vivi com a riqueza que me deixaste,
Patente no amor, nas palavras
E no carinho que sempre me deste !
Pai...
Como sinto saudades de ti !



JORGE BRITES
Partilhando uma singela homenagem ao
meu Pai, no dia que completa 27 anos
que me deixou.

Sem comentários: