segunda-feira, 23 de abril de 2012

CHAMADA DE ATENÇÃO

Com minhas palavras eu falo
O que meu coração vai ditando
Vou escrevendo e não me calo
Com as injustiças que vou observando


Gosto de paz e de calma
E de sossego para viver
Fica ofendida a minha alma
Com coisas que continuo a ver


Não posso ver crianças a sofrer
Faço tudo para as defender
Assim chamando a atenção


Minhas palavras são poucas
Para parar as acções loucas
Desta gente sem coração



JORGE BRITES
Partilhando o meu Sorriso

Sem comentários: