sábado, 21 de janeiro de 2012

MAR, MEU ALIMENTO




Faço quadras de improviso
Enquanto o prazer durar
Nestas alturas bem preciso
Da inspiração para ajudar


Nem sempre ela está presente
Quando estou necessitado
Teima em ficar ausente
Deixando-me bem desolado


Aí só tenho uma solução
Ir procurar a inspiração
Ao meu companheiro "mar"


Só ele me alimenta
Transmitindo a ementa
Para me poder salvar




JORGE BRITES
Partilhando o meu Sorriso

Sem comentários: