segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

MAR DE MAGIA




Junto a este mar maravilhoso
Mais um soneto eu fiz
Tem um não sei quê de misterioso
Que me deixa tão feliz


Espera-me enfeitiçado
Com uma tremenda magia
Fico completamente extasiado
Dando largas á minha alegria


Acabo por ser refém
da prisão que ele não tem
Ele é o simbolo da liberdade


Liberto e desperto a mente
Todos os dias estou presente
Sonhando com a felicidade



JORGE BRITES
Partilhando o meu Sorriso

Sem comentários: