quinta-feira, 8 de setembro de 2011

SOU UM HOMEM...




Sou um homem do universo
Onde se cometem atrocicidades
Dou a entender em cada verso
Que não pactuo com crueldades


Sou um homem deste mundo
Onde reina a desigualdade
Não há nada mais profundo
Que sentir tanta falsidade


Sou um homem persistente
Continuando mais irreverente
Em querer ajudar a sociedade


Pouco ou nada poderei fazer
Contudo não fujo do dever
De a todos contar a verdade



JORGE BRITES
Partilhando o meu Sorriso

Sem comentários: