sábado, 3 de janeiro de 2015

5º SONETO DE 2015 (FALAR DE ALEGRIA)



Na minha última abordagem
Assinalei aqui a minha doença
Hoje vou mudar de linguagem
E tentar esquecer esta sentença

Viverá para sempre comigo
Esta inusitada contrariedade
Abraçado á Diabetes sigo
Serpenteando até á felicidade

Para que isso possa acontecer
Uma coisa não devo esquecer
E que utilizo em todo o dia

Sorrir para toda a gente
Não recear de ir em frente
E espalhar a minha alegria


JORGE BRITES
03/01/2015 (13H55)
Partilhando o meu Sorriso

Sem comentários: