domingo, 11 de janeiro de 2015

13º SONETO DE 2015 (VIDA FANTÁSTICA)



Nada é tão entusiástico
Como gozar a nossa vida
Fica um caminho fantástico
Esta graça a nós concedida

Desenrola-se com rapidez
Até se tornando fugaz
Nunca percamos a lucidez
E saudemos o que ela nos traz

Um dia todos tombaremos
Na solidão que merecemos
Onde não há bens materiais

Aí calaremos a nossa voz
Ficando orgulhosamente sós
Sem aplausos e outros demais


JORGE BRITES
Partilhando o meu Sorriso

Sem comentários: