sábado, 31 de março de 2012

QUADRAS - IMPROVISO AO AMOR



Amor palavra infinita
Que ninguém sabe definir
Amor palavra bendita
Que só os humildes sabem sentir


Despertei hoje sorrindo
Pensando em ti minha querida
Dei por mim logo sentindo
Uma tremenda fome de vida


Confirmei nesta primavera
Que hoje sou louco de vez
Um pouco porque eu já era
O resto porque alguém me fez


Não tenho nada a esconder
Do que se passa em meu coração
Pelo contrário, tenho prazer
Em mostrar a minha paixão



JORGE BRITES
Partilhando o meu Sorriso

Sem comentários: