segunda-feira, 10 de outubro de 2011

NUNCA TE DETENHAS

Tem sempre presente, que a pele se enruga,
que o cabelo se torna branco, que os dias se
convertem em anos, mas o mais importante não muda !

Tua força interior e tuas convicções não têm idade.
Teu espírito é o espanador de qualquer teia de aranha !

Atrás de cada linha de chegada, há uma de partida.
Atrás de cada trunfo, há outro desafio !

Enquanto estiveres vivo, sente-te vivo.
Se sentes saudades do que fazias, torna a fazê-lo !

Não vivas de fotografias amareladas.
Continua, apesar de alguns esperarem que abandones !

Não deixes que enferruje o ferro que há em ti.
Faz com que em lugar de pena, te respeitem !

Quando pelos anos não consigas correr, trota.
Quando não possas trotar, caminha.
Quando não possas caminhar, usa bengala.

MAS NUNCA TE DETENHAS !


Autora : MADRE TERESA DE CALCUTÁ


JORGE BRITES
Partilhando o meu Sorriso

Sem comentários: