segunda-feira, 8 de dezembro de 2014

PSEUDO-POETA




Não posso ter arrogância
De ser o maior por aqui
Tenho que dar importância
Ao pouco que já aprendi

Não me posso comparar
A quem sabe escrever
Tenho muito a trabalhar
E ainda mais a aprender

Preciso de ter humildade
Para assumir com sinceridade
Toda a minha pequenez

Cheio de vontade e querer
Corro o risco com prazer
De um dia ser poeta talvez


JORGE BRITES
Partilhando o meu Sorriso

Sem comentários: