quarta-feira, 5 de dezembro de 2012

POBRE PORTUGAL ESTOU TRISTE - Acróstico



Pobre do meu País...
Onde parará nas mãos destes
Bandidos ?
Rostos sem
Esperança


Provocam
Ondas de injustiça
Roçando a
Tristeza completa !
Uns quantos
Gananciosos,
Atropelam
Leis,


Esperando atingir
Seus fins,
Tapando
Os olhos a
Um povo que sofre demasiado !


Triste,
Revoltado,
Impotente,
Simplesmente
Todos os dias assim
Estou eu !



JORGE BRITES
Partilhando o meu Sorriso

Sem comentários: