quinta-feira, 7 de abril de 2011

PERTINHO DO MAR




Numa manhã sossegada
Dum domingo luminoso
Fui dar uma caminhada
Por tão linda calçada
Acabou por ser maravilhoso


Surpreende-nos a Natureza
Com locais tão encantadores
Testemunho esta riqueza
De inquestionável beleza
Com múltiplas e lindas cores


Sou um homem sortudo
Dispondo deste diamante
Utilizo-o desde míudo
Suas areias são veludo
Neste mar deslumbrante


Sentindo a sua maresia
Caminho na beira-mar
Onde reina a magia
De tudo me distancia
Seu cheiro vou inalar


É tamanha a felicidade
Que não consigo descrever
Digo-o com verdade
E com muita humildade
A todos convido a ver


Toda esta imensidão
Até parece fantasia
Local de inspiração
E também meditação
Faz nascer a Poesia




JORGE BRITES
Partilhando o meu Sorriso

Sem comentários: